Porque Faqir não se fura na cama de pregos ?



Porque Faqir não se fura na cama de pregos ?

As famosas camas de prego - Como o faquir não se machuca?
Camas de pregos foram usados como técnicas de meditação por iogues indianos e místicos da cura por centenas de anos, bem como por ascetas de várias religiões. A prática também foi adotada para fins de entretenmento por artistas de circo e dublês. Existiu mesmo uma época que quase todo circo tinha um faquir. Embora o truque seja visualmente surpreendente, a física por trás dela é bastante simples: nenhum prego recebe pressão suficiente para perfurar a pele com o peso corporal do faquir distribuído por centenas de pregos. Entrar e sair da cama pode ser complicado, no entanto.
Em outras palavras, o peso de uma pessoa (intensidade de força) é "amenizado" sobre a diminuta área de milhares de pregos. Sendo assim, a pressão proporcionada pelos pregos sobre o corpo dessa pessoa é muito atenuado pelo efeito dessa expansão e dessa forma, a pessoa não sente dor ou espetadas dos pregos.

Ou seja, não é necessário que você passe toda uma vida de austeridade e meditação para deitar em uma cama de pregos, como os iogues e grande dublês gostavam deixar transparecer; todo o necessário é ter curiosidade e saber um pouco de ciência.
Jack Powers, também conhecido como iogue Shri Krishan, suporta um homem de 125 kg imprensado entre camas de pregos. Em 31 de maio de 1971.
Quando você achar que o seu colchão é desconfortável, lembre-se das camas de prego 01
Asceta hindu sentado tranquilamnet em uma cama de pregos com outros homens sagrados em Benares, um lugar sagrado no rio Ganges na Índia. Em 1910.
Quando você achar que o seu colchão é desconfortável, lembre-se das camas de prego 02
Outro asceta sentado de boas em uma cama de pregos na Índia. Em 1910.
Quando você achar que o seu colchão é desconfortável, lembre-se das camas de prego 03
Sadhu descansa sobre uma cama de pregos em uma exibição de penitência pública em Calcutá, na Índia. Em 1930.
Quando você achar que o seu colchão é desconfortável, lembre-se das camas de prego 04
Dr. Johra Bey, um faquir muçulmano tirnado uma soneca em uma cama de pregos. Em 1920.
Quando você achar que o seu colchão é desconfortável, lembre-se das camas de prego 05
Homem deitado em uma cama de pregos suporta o peso de seis pessoas. Em outubro 1947.

Quando você achar que o seu colchão é desconfortável, lembre-se das camas de prego 06