Cultura Japonesa



Cultura Japonesa

Resultado de imagem para Cultura Japonesa
O Japão exibe uma cultura multifacetada, com tradições milenares. Embora tenha raízes na cultura chinesa, a distância geográfica permitiu ao Japão a construção de um modelo cultural diferenciado e cujas marcas persistem mesmo com a característica dinâmica do povo de adaptar-se à evolução tecnológica.

Religião

Os japoneses têm o sincretismo religioso como marca. Suas principais crenças têm raízes no xintoísmo e budismo, mas coexistem com outras religiões, até mesmo com a cristã.
Diferente do que ocorre no Ocidente, no Japão, não há pregações religiosas e a religião não é vista como doutrina, mas um modo de vida. É considerada um código moral, um modo de viver e está tão arraigada, que não se distingue dos valores sociais e culturais da população.
A introspecção também marca a religião no Japão. As orações não são públicas e, menos ainda, integram cerimônias oficiais. A adoração não é comum entre os japoneses. Os rituais de vida (nascimento, casamentos, aniversários) e morte (funerais) são parte comum da vida no Japão.
Nem sempre foi assim, contudo. Até a Segunda Guerra Mundial, o imperador japonês era considerado um verdadeiro deus. O conflito quebrou esse sistema de crenças e, após a recuperação econômica, a religião define a espiritualidade do povo.
Cultura JaponesaOs jardins japoneses demonstram a influência da cultura chinesa

Jardins Japoneses

Entre os pontos turísticos que demonstram a essência da cultura japonesa estão os jardins, cuja cultura foi importada da China por volta do ano de 600. Os jardins exaltam a religião budista, embora tenham caráter funcional.

Cerimônia do Chá

Mais recente, essa tradição teria começado em 1192, quando um monge budista chinês, Eisai, chegou ao Japão. A cerimônia impõe ritual sobre a preparação da infusão à base de chá verde em pó.
As cerimônias com a demonstração da cultura japonesa teriam começado entre 1333 e 1573, lideradas por monges nos jardins projetados somente para os rituais.
Entre 1568 e 1600, as cerimônias já possuíam adornos como as lanternas, trampolins e pontes em arco construídos nos jardins considerados ícones do Japão.

Costumes

Os japonese vivem sob rígidos códigos e muitos são de tamanha sutileza, que poucos estrangeiros poderiam notar ou compreender. Entre os hábitos mais comuns e que levam ao conhecimento da cultura japonesa está a imposição de uma curvatura nas costas.
De costas em arco, os japoneses dizem olá, despedem-se, demonstram gratidão ou arrependimento. Curvar as costas significa ter respeito. A reverência formal logo leva à imagem do povo japonês.
Outro símbolo que logo conduz à imagem do Japão está nos calçados, que são retirados à entrada de casas, templos e, até mesmo, restaurantes. Por tradição, os japoneses retiram os sapatos para dormir, sentar e comer. Como as refeições são feitas em tatamis, retirar os sapatos é uma forma de manter o ambiente higienizado.

Esportes

Os esportes constituem um importante elemento na cultura japonesa. Os esportes que, rapidamente, remetem à prática no Japão são o sumô, judô, karatê e aikidô. Hoje, contudo, badmilton, basebol e futebol são largamente praticados no Japão.

Sumô

O sumô é considerado um esporte nacional, sendo praticado há pelo menos 1,5 mil anos. É um esporte profissional, mas ainda guarda as raízes ritualísticas, como o uso do sal para purificação e de alimentação dos praticantes.
Os atletas de elevado desempenho do sumô são venerados pelos japoneses. Hoje, o esporte também é buscado por estrangeiros, mas ainda são os nativos os atletas de maior notoriedade.
Cultura JaponesaO sumô é um esporte nacional com características de ritual

Kendô

Considerada a arte marcial mais antiga do Japão, o kendô consiste no uso de espadas de bambu unidas por tiras de couro. É praticado desde 1333, porque os samurais precisavam praticar o uso da espada.

Karatê

Do Japão, o karatê chegou à China, onde foi aperfeiçoado. Suas origens, contudo, são até mesmo direcionadas ao continente indiano. O karatê é espalhou-se para o mundo e apresenta uma maneira fantástica de combate sem o uso de armas.
Cultura JaponesaO karatê é um esporte japonês, mas praticado em todo o mundo

Comida

A comida japonesa é tão particularmente diversa e sedutora que, sozinha, seria uma justificativa para visitar o país. Assim como o esporte, espalhou-se pelo mundo, levada por migrantes e envolvendo apreciadores por toda parte.
Do Japão saiu o sushi, iguaria que mistura peixe e arroz envolto em uma capa de alga. E de suma importância na culinária japonesa está o arroz que, de tamanho significado, já foi negociado como moeda.
O arroz é a base de ao menos 2 mil pratos japoneses. A exigência pela qualidade começa no plantio e a colheita segue diretrizes especiais.
Outro ingrediente que resume a peculiaridade da culinária japonesa é o peixe, preparado de maneira tão diversa que chega a ser apreciado até mesmo no café da manhã, onde precisa ser consumido cru.

Bebida

O saquê é a bebida nacional japonesa. Trata-se de um vinho de arroz branco que pode servir de acompanhamento a várias refeições. Outra tradição no Japão é o chá, consumido em larga escala.
A importância do chá lhe rendeu uma cerimônia específica, que envolve a preparação e consumo.


   Continue sua pesquisa sobre Japão :